O que pode diminuir a eficácia do anticoncepcional?

A pílula anticoncepcional é um dos métodos contraceptivos mais usados e confiáveis atualmente, tendo a eficácia superior a 99% quando tomada corretamente com índice de falha de 0,3%.


Porém, alguns fatores podem interferir na sua eficácia, como:


Esquecimento da pílula:

O esquecimento da pílula até 12 horas do horário habitual de ingestão geralmente não afeta a eficácia contraceptiva. Quando o esquecimento for superior a 12 horas, pode ocorrer redução da eficácia do método, com índice de falha de até 8%.



Problemas gastrointestinais:

Vômitos e diarréias são muitas vezes ignorados por quem faz uso do anticoncepcional. Se o vômito ou diarréia ocorrerem no período de até 4 horas após a ingestão do comprimido, é necessário tomar algumas precauções como usar método adicional de barreira (camisinha) por até 7 dias após a gastroenterite.



Interações com medicamentos:

Alguns medicamentos podem reduzir a eficácia do anticoncepcional oral, por exemplo:

Anticonvulsivantes como Barbitúricos, Carbamazepina; Topiramato; antibióticos como a Rifampicina; fungicidas como a Griseofulvina e muitos outros….


Sendo assim, antes de utilizar qualquer medicamento, é importante comunicar o médico e verificar se há interação medicamentosa.


Ficou alguma dúvida? Agende uma consulta, será um prazer te ajudar!